Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Marcelo: “Fomentar exportações e atrair investimento é essencial”

  • 333

MÁRIO CRUZ / Lusa

No discurso de encerramento da III Cimeira do Turismo Português, o chefe de Estado afirmou que é essencial controlar o défice, mas também reforçar a aposta no investimento e na diversificação das exportações

O Presidente da República defendeu esta terça-feira que o Orçamento do Estado para 2017 deve reforçar a aposta no investimento e diversificar as exportações, e que esta não pode ser matéria de divergência política.

"Digam o que disserem Governo e oposição, para salvaguarda dos seus princípios doutrinários ou acalmia dos seus eleitorados, há realidades que podem mais do que discursos ou proclamações. Fomentar exportações e atrair investimento é essencial para evitarmos problemas nas contas externas", afirmou Marcelo Rebelo de Sousa.

O chefe de Estado, que falava no encerramento da III Cimeira do Turismo Português, no Museu do Oriente, em Lisboa, acrescentou: "Controlar o défice do Orçamento do Estado é fundamental para evitarmos contratempos nas contas internas".

Quanto ao défice, Marcelo Rebelo de Sousa disse acreditar no cumprimento da meta traçada para este ano. Porém, em relação à evolução da economia considerou que "não tem sido evidente que a evolução do investimento, das exportações e do próprio consumo interno permitam antever o crescimento desejado".

"Mais uma razão para reforçar a aposta nesse investimento, atraindo-o e não o retraindo. E nas exportações, diversificando-as com imaginação e com empenho", defendeu, numa parte do seu discurso em que se referia à apresentação e debate parlamentar do Orçamento do Estado para 2017.