Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

PS diz que é PSD quem precisa de um “plano B” para discurso catastrofista

  • 333

Ana Catarina Mendes reagiu ao discurso de Miguel Poiares Maduro na Universidade de Verão da JSD

A secretária-geral-adjunta socialista afirmou hoje que é a oposição, particularmente o PSD, "quem carece, como de pão para a boca, de um ‘plano B'" ao discurso catastrofista que anuncia a "descida do diabo à terra".

"O país já percebeu que, ao contrário do que a propaganda da direita fez constar, o Governo não precisa de aplicar nenhum ‘plano B' ao caminho que encetou. Quem verdadeiramente carece, como de pão para a boca, de um ‘plano B' é a oposição de direita e, muito em particular, o PSD de Passos Coelho e Maria Luís (Albuquerque)", afirmou Ana Catarina Mendes.

A intervenção da dirigente do PS verificou-se depois da primeira reunião da comissão permanente do partido pós-férias, na sede nacional no largo do Rato, Lisboa, com críticas dirigidas ao líder social-democrata e ex-primeiro-ministro, à sua ministra das Finanças e também ao antigo ministro Adjunto e do Desenvolvimento Regional, Poiares Maduro, autores de intervenções recentes, nomeadamente na iniciativa do PSD Universidade de Verão, em Castelo de Vide.

A deputada do PS voltou a desafiar os sociais-democratas a "avançar com propostas alternativas" ao Orçamento do Estado para 2017, "ao contrário do que sucedeu vergonhosamente em 2016".