Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Lucro da campanha de Marcelo vai para instituição de solidariedade social

José Carlos Carvalho

Os 45 mil euros de lucro da campanha presidencial do atual Presidente da República vão ser doados a uma IPSS, noticia o “Diário de Notícias”

Existem 45 mil euros que estão numa conta bancária e não necessitaram de ser utilizados na campanha presidencial de Marcelo Rebelo de Sousa. A subvenção do Estado (calculada de acordo com os votos obtidos) foi praticamente suficiente para cobrir as despesas, o que tornou desnessários esses donativos para a campanha, noticia o “Diário de Notícias” (DN): 20 mil euros doados pelo próprio Marcelo, dez mil de cada um dos seus irmãos, Pedro e António, e cinco mil euros de Manuel de Brito, responsável de contas da campanha.

Entre os candidatos principais à Presidência da República, a campanha de Marcelo Rebelo de Sousa foi a mais barata - e a mais rentável, se tivermos em conta o número de votos.

Foi por causa deste lucro (receitas bastante superiores às despesas) que o atual Presidente decidiu doar esse valor a uma Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS). O nome da instituição ainda não foi revelado, mas o Presidente já avançou com uma data, esclarece o DN: 24 de janeiro de 2017, exatamente um ano depois da sua eleição como Presidente da República.