Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

PGR avança com inquérito crime a viagens da Galp

  • 333

Rocha Andrade, atrás de Mário Centeno: as Finanças não têm “nada a acrescentar”

Caso na secção do DIAP que investiga a corrupção. Ministros das Finanças e Economia não esclarecem se impediram governantes de voltar a lidar com a Galp. Viagens ainda por pagar

Rui Gustavo

Rui Gustavo

Editor de Sociedade

Filipe Santos Costa

Filipe Santos Costa

Jornalista da secção Política

Saiba mais na edição deste sábado do Expresso.

  • Governo e PS irritados com Rocha Andrade

    Augusto Santos Silva: “Foi uma lição”. Ideia do Código de Conduta surgiu por causa de ofertas de cabazes de Natal. Presidente quer explicações quando voltar do Brasil. Galp é responsável por 2,5 mil milhões da receita fisca. Perfil de Rocha Andrade, mais um amigo de Costa

  • Governo encerra polémica Galp com promessa de código de conduta

    As viagens pagas pela Galp ao secretário de Estado dos Assuntos Fiscais e a outros dois secretários de Estado levantam questões sobre transparência, ética pública e sobre os limites que devem separar o poder político do poder económico. O Governo já reagiu e diz que não há incompatibilidades (Rocha Andrade, o caso mais polémico, tem sob a sua tutela a resolução de um conflito fiscal milionário que opõe o Estado à Galp) e anuncia que vai criar um código de conduta para este tipo de casos. Pode uma comissão de ética pública e regulação de conflitos de interesses contribuir para a solução? E o que propõem os partidos?