Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Governo vai “explorar todos os instrumentos de financiamento” no apoio à Madeira

  • 333

HOMEM DE GOUVEIA/ Lusa

De visita à Madeira, António Costa assegurou que será dado apoio à atividade económica, ao alojamento temporário e à reconstrução de habitações

O primeiro-ministro afirmou esta quinta-feira que o Governo vai "explorar todos os instrumentos de financiamento" que permitam a recuperação dos prejuízos causados pelos incêndios da Madeira, assegurando apoio à atividade económica, ao alojamento temporário e à reconstrução de habitações.

No final de uma reunião que sentou à mesma mesa António Costa, o presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque, e os presidentes de câmara dos municípios mais afetados pelos incêndios dos últimos dias na ilha Madeira, o primeiro-ministro antecipou que vão ser explorados "todos os instrumentos de financiamento, do Fundo de Solidariedade da União Europeia aos vários fundos comunitários".

O objetivo é conseguir ter "entre os fundos de âmbito nacional e de âmbito regional, as compensações necessárias que permitam o financiamento adequado e tão rápido quanto possível das diferentes necessidades", explicou.

O primeiro-ministro adiantou que será feito um trabalho em equipa entre o Governo Regional e o Governo da República, coordenado no Governo da República pelo secretário de Estado do Desenvolvimento e Coesão, e antecipou que o levantamento total dos danos será realizado nos próximos 15 dias.

Segundo António Costa, do Governo da República virá ainda a "intervenção do LNEC [Laboratório Nacional de Engenharia Civil] e da engenharia militar para a consolidação daquilo que é essencial ser consolidado com urgência, apoio à atividade económica, apoio de emergência ao alojamento e apoio à reconstrução das habitações que devam ser reconstruídas".

"Finalmente [haverá] um esforço de comunicação à comunidade internacional para quem a Madeira continua a ser um destino turístico de excelência", disse ainda.