Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Guterres continua à frente na corrida à ONU

  • 333

CANDIDATO O ex-Alto Comissário para os Refugiados e ex-primeiro-ministro foi o mais votado na primeira volta

FOTO REUTERS

Candidato português obteve o maior número de votos a favor, mas estreou-se nos votos de desencorajamento

Luísa Meireles

Luísa Meireles

Redatora Principal

Onze votos de “encorajamento”, dois contra e dois “sem opinião” é o resultado da votação de António Guterres esta sexta-feira no Conselho de Segurança da Nações Unidas (ONU). O candidato português continua à frente e aumentou a distância face aos restantes candidatos.

Segundo dados não oficiais, disponibilizados no Twitter, o segundo mais votado teria sido o candidato sérvio, Vuk Jeremik, com oito votos a favor, quatro contra e três neutros.

A ministra dos Negócios Estrangeiros argentina, Susana Malcorra, foi a terceira classificada, com oito votos de “encorajamento”, seis contra e um “sem opinião”. Danilo Turk, ex-presidente esloveno, que na primeira votação ficou em segundo lugar, quedou-se desta vez em quarto: sete a favor, cinco contra, três neutros.

A bulgara Irina Bokova foi a seguinte classificada com sete votos a favor, sete contra e um neutro. A ex-primeira ministra neozelandeza Helen Clark terá obtido seis “encorajamentos”, oito “não encorajamentos” e um “sem opinião”.

Srgjan Kerim, ex-ministro dos Negócios Estrangeiros da Macedónia, conquistou seis votos de “encorajamento”, sete contra e dois “sem opinião”. O ministro dos Negócios Estrangeiros da Eslováquia, Miroslav Lajcak, obteve dois a favor, seis contra e sete neutros.

A costa-riquenha Christiana Figueres, ex-chefe do departamento do clima das Nações Unidas, conseguiu cinco votos favoráveis, oito contra e dois “sem opinião”. Já Natalia Gherman, ex-ministra dos Negócios Estrangeiros da Moldávia, teve três “encorajamentos”, dez “desencorajamentos” e dois neutros. Por último, Igor Luksic, ministro dos Negócios Estrangeiros de Montenegro, alcançou dois “encorajamentos”, nove “desencorajamentos” e quatro neutros.