Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Parlamento aprova nova auditoria à CGD

  • 333

O texto mereceu voto favorável de BE, PS, CDS-PP e PAN, com PSD, PCP e "Os Verdes" a optarem pela abstenção

Um projeto de resolução do Bloco de Esquerda (BE) recomendando a realização de uma auditoria forense à carteira de crédito da Caixa Geral de Depósitos foi hoje aprovado no Parlamento.

O texto mereceu voto favorável de BE, PS, CDS-PP e PAN, com PSD, PCP e "Os Verdes" a optarem pela abstenção, não tendo havido votos contra ao projeto de resolução bloquista.

No documento, os deputados bloquistas advogam que a auditoria deve "abranger todas as operações de elevado montante e perdas associadas que se encontrem ainda na carteira do banco, independentemente da sua data de constituição".

O "reconstituir e avaliar" de "todos os procedimentos e práticas relacionadas com a constituição dessas operações, incluindo reestruturações e exigência de garantias e colaterais", é também pedido pelo Bloco.

O texto apenas recomenda que o Governo "tome as diligências necessárias para determinar a constituição de uma auditoria forense às operações de crédito" da Caixa, numa altura em que é negociada a recapitalização do banco e está em vigor a comissão parlamentar de inquérito dedicada à entidade.