Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Matos Correia preside ao inquérito à Caixa

  • 333

Alberto Frias

PSD indicou para dirigir a comissão de inquérito o atual vice-presidente da Assembleia da República. Posse é na próxima terça-feira

Filipe Santos Costa

Filipe Santos Costa

Jornalista da secção Política

José Matos Correia, vice-presidente da Assembleia da República, foi o escolhido pelo PSD para presidir à comissão parlamentar de inquérito (CPI) à Caixa Geral de Depósitos (CGD), cuja tomada de posse está marcada para a próxima terça-feira. Por ser um inquérito proposto de forma potestativa (ou seja, ao qual a maioria não se pode opôr), o partido proponente tem também a prerrogativa de escolher o presidente.

Ao indicar Matos Correia, o PSD escolhe um senador do partido, com peso institucional, para dirigir uma comissão de inquérito que surgiu envolta em grande polémica - subscrita por PSD e CDS, a iniciativa foi criticada por PS, BE e PCP e até por figuras de referência da direita, como Manuela Ferreira Leite e Bagão Felix.

Matos Correia, que na anterior legislatura dirigiu à comissão parlamentar de Defesa, é jurista e professor universitário e já várias vezes foi convidado para exercer cargos ministeriais, nunca tendo aceite. A única função governamental que alguma vez exerceu foi a de chefe de gabinete de Durão Barroso.

José Matos Correia já foi vice-presidente do PSD e vice-presidente da bancada parlamentar social-democrata.