Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Sanções: Bruxelas diz que só decide em julho

  • 333

FRANÇOIS LENOIR / Reuters

Comissão Europeia garante que ainda não tomou uma decisão sobre a aplicação de eventuais sanções a Portugal e Espanha, nem está previsto que esse assunto seja discutido esta segunda-feira na reunião do colégio de comissários

Uma porta-voz da Comissão Europeia afirmou ao Expresso que o colégio de comissários só volta a analisar os casos português e espanhol no início de julho e que ainda não tomou qualquer decisão.

Segundo fontes comunitárias, o tema das sanções não está na agenda da reunião que decorre esta segunda-feira em Bruxelas, estando em discussão as consequências do Brexit.

Ao Expresso, o ministro dos Negócios Estrangeiros disse que não comenta especulações: “Continuamos a trabalhar, defendendo os nossos interesses e procurando mostrar que a razão está do nosso lado”, destaca Augusto Santos Silva.

De acordo com o “Le Monde”, Bruxelas estará a considerar aplicar sanções ao dois países ibéricos por terem falhado as metas
do défice, numa decisão a ser anunciada a 5 de julho.

Fontes europeias citadas pelo jornal francês dizem que a Comissão Europeia deverá recomendar ao Conselho Europeu sanções para os dois países que poderá passar por uma multa até 0,2% do produto interno bruto (PIB) e uma suspensão temporária dos fundos estruturais, sendo também possível a aplicação de uma sanção simbólica.