Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Pedro Duarte: “Pode ser uma boa oportunidade para inverter a política europeia dos últimos anos”

  • 333

Antigo deputado do PSD e ex-responsável pela campanha presidencial de Marcelo Rebelo de Sousa acredita que, a prazo, do Brexit podem resultar coisas boas para Portugal

Cristina Figueiredo

Cristina Figueiredo

Jornalista da secção Política

O antigo dirigente do PSD, regressado às lides partdárias no último congresso do partido,está moderamente otimista em relação às consequências para Portugal da saída do Reino Unido da União Europeia. "É evidente que, no imediato, há um risco financeiro associado para o nosso país", afirma Pedro Duarte, que acredita porém que, ultrapassada a reação emocional dos mercados nas primeiras horas a seguir ao referendo, "pode haver aqui uma oportunidade interessante para os países do sul da Europa, em que se inclui Portugal, reestabelecerem o equilíbrio nas instituições europeias e obrigarem a Alemanha a inverter a sua postura de imposição de políticas nefastas para a coesão europeia".

Em declarações ao Expresso, o ex-director de campanha de Marcelo Rebelo de Sousa vê no sucedido esta sexta-feira o resultado das políticas económicas e monetárias dos últimos anos e um "interessante aviso para Angel Merkel perceber que tem de reequilibrar a distribuição de poderes dentro da Europa, e que os países devedores têm de ter o mesmo peso institucional dos países credores". "A Europa tem de regressar aos seus valores fundadores, à solidariedade e à coesão. Não pode haver países de primeira e de segunda".

Pedro Duarte chama ainda a atenção para a "boa oportunidade que Portugal tem aqui para conseguir atrair investidores estrangeiros [em fuga do Reino Unido]; era interessante termos um plano para isto", sugere. E mostra-se positivo em relação ao futuro da UE: "Não será muito complicado encontrar uma solução de compromisso com o Reino Unido e estou convicto que este não deixará de ser nosso aliado".