Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Autoestrada Transmontana também vai ter descontos nas portagens

  • 333

LUÍS EFIGÉNIO / NFactos

No final de uma audição parlamentar, o ministro do Planeamento e Infraestruturas afirmou que “não faz sentido [fazer descontos] na A24 e na A25 e uma autoestrada que liga Vila Real a Bragança não estar abrangida”

A Autoestrada Transmontana, entre Vila Real e a fronteira de Quintanilha, em Bragança, também vai beneficiar dos descontos nas portagens que o Governo quer implementar ainda este verão nas antigas SCUT (A22, A23, A24 e A25).

No final da Comissão de Economia, Inovação e Obras Públicas, o ministro do Planeamento e Infraestruturas, Pedro Marques, afirmou que "não faz sentido abranger a A24 e a A25 e uma autoestrada que liga Vila Real a Bragança não estar abrangida".

A subconcessão da Autoestrada Transmontana, adjudicada em 09 de dezembro de 2008 à Autoestradas XXI, Subconcessionária Transmontana, é constituída por 134 quilómetros de lanços para construção, conservação e exploração, dos quais 14 quilómetros são com portagem, de acordo com a informação disponibilizada na página na internet da Infraestruturas de Portugal.

Pedro Marques afirmou esta manhã que mantém a intenção de baixar as portagens nas autoestradas do interior no verão, apesar de ainda não terem começado as negociações formais com a concessionária da A23, condição para avançar com os novos preços.

"Fizemos contactos informais com a concessionária e estamos a aguardar resposta ainda informal para depois poder avançar para a negociação formal", afirmou o ministro na Comissão de Economia, Inovação e Obras Públicas.

Em resposta ao deputado do PS Luís Testa, Pedro Marques garantiu que o calendário para implementar esta medida se mantém: "Mantemos a nossa intenção de que essa redução possa acontecer durante o verão".

Na audição, o governante lembrou que o Governo tem que negociar com a concessionária da A23 esta redução das portagens, uma vez que o anterior executivo de Passos Coelho passou as receitas de portagem para o concessionário.

Em abril, Pedro Marques anunciou também no Parlamento que o preço das portagens nas autoestradas do interior vai baixar até ao verão, tendo na altura explicado que a redução não seria imediata por ser necessário negociar com a concessionária da A23.

"Vamos ter que negociar formalmente. Passaram quatro meses, vocês estiveram lá quatro anos. Não vou colocar um quanto em cima da mesa", afirmou o governante.

As portagens nas antigas SCUT – A22 (que atravessa o Algarve), A23 (Torres Novas-Guarda), A24 (Viseu-Vila Real) e A25 (Aveiro-Vila Formoso) – começaram a ser cobradas em dezembro de 2011.