Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

NATO pensava que Aguiar-Branco ainda era o ministro da Defesa

  • 333

Em abril, a presidência holandesa da União Europeia trocou a foto do ministro das Finanças. Agora, foi a NATO a cometer nova gafe com o ministro da Defesa, que levou mais de duas horas a corrigir

Quase sete meses depois de ter deixado o Governo, José Pedro Aguiar-Branco continua a ser o responsável pela da Defesa Nacional. Pelo menos para o serviço de imprensa da NATO, que num press realese enviado esta terça-feira às redações anunciou a vinda a Portugal do secretário-geral adjunto da Aliança Atlântica.

O embaixador Alexander Vershbow estará em Lisboa esta quinta-feira, dia 23, para participar na qualidade de “orador principal” na conferência “A Cimeira da NATO em Varsóvia e o Novo Ambiente de Segurança Internacional”, organizada pela Comissão de Defesa Nacional.

Só que na sala do Senado da Assembleia da República, e fazendo fé no programa já divulgado, não estará o anterior governante social-democrata, mas o atual ministro José Alberto de Azeredo Lopes. A receber Vershbow estarão ainda Teresa Caeiro, vice-presidente da Assembleia da República, Marco António Costa, presidente da Comissão de Defesa Nacional e Luís Almeida Sampaio, embaixador de Portugal na NATO.

Mais de duas horas depois, o serviço de imprensa da NATO enviou novo press realese onde corrigiu o nome do atual titular da pasta da Defesa.

Em abril, os jornalistas portugueses que cobriam em Amesterdão a reunião do Eurogrupo também foram surpreendidos com uma inesperada troca de fotografias nos documentos oficiais distribuídos às delegações nacionais e à imprensa internacional.

Nesses documentos, onde deveria ter sido publicada a fotografia do ministro das Finanças português, Mário Centeno, surgiu a do jornalista da SIC José Gomes Ferreira autor de “O Meu Programa de Governo – Propostas para uma economia mais produtiva e para uma sociedade mais equilibrada”, publicado em 2013.

[Notícia atualizada às 13h25]