Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Santos Silva elogia discurso de Marcelo e subscreve críticas às elites

  • 333

MIGUEL A. LOPES / LUSA

Tenho dito repetidamente, e também enquanto sociólogo, que o problema português não é um problema do povo, mas das elites”, afirmou esta sexta-feira o ministro dos Negócios Estrangeiros. Augusto Santos Silva considera que este “foi um discurso em que todos cabem, em que todos se podem sentir representados”, função essencial do Presidente da República

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, considerou esta sexta-feira que o discurso de Marcelo Rebelo de Sousa foi excelente e de congregação de todos os portugueses, subscrevendo a crítica do Presidente às elites.

“Pessoalmente, essa foi uma das partes do discurso do Presidente da República de que me senti mais próximo. Tenho dito repetidamente, e também enquanto sociólogo, que o problema português não é um problema do povo, mas das elites”, afirmou Augusto Santos Silva aos jornalistas.

Após as cerimónias do Dia de Portugal que se realizaram no Terreiro do Paço, e prosseguem esta tarde de forma inédita na cidade de Paris, o ministro sublinhou que se Portugal tivesse melhores elites estaria melhor, incluindo as elites políticas, nas quais se integra.

Para Santos Silva, Marcelo Rebelo de Sousa fez “um discurso excelente, bem no espírito do dia e da cerimónia.” “Sublinho sobretudo a sua componente de congregação, foi um discurso em que todos cabem, em que todos se podem sentir representados, essa é uma das funções mais importantes do Presidente da República, que é eleito democraticamente pelo conjunto dos cidadãos e uma vez eleito representa todos os cidadãos”, afirmou.