Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Água, solo e ar, três temas na mesa do Conselho de Ministros na Arrábida

  • 333

Alberto Frias

Conselho de Ministros reúne-se esta quarta-feira para aprovar um pacote de medidas ambientais que tem como “vértices” a descarbonização da sociedade, a economia circular e a valorização do território

Carla Tomás

Carla Tomás

Jornalista

Três dias depois do dia mundial do Ambiente, o Governo dedica um Conselho de Ministros às temáticas ambientais. A reunião tem lugar esta quarta-feira, no Convento da Arrábida, em Setúbal. E, a condizer com o tema, os ministros delocar-se-ão até lá num autocarro elétrico.

Na calha para aprovação estão diplomas que respondam aos novos desafios que se colocam a Portugal e que ilustram a política do Ministério do Ambiente a partir de um triângulo que tem como "vértices a descarbonização da sociedade, a economia circular e a valorização do território", avança o Ministério do Ambiente em nota enviada às redações.

No pacote de aprovações constam alterações ao Programa Nacional de Políticas de Ordenamento do Território, que o ministro do Ambiente, João Matos Fernandes, justifica por três razões: alterações na dinâmica demográfica nacional; os desafios de adaptação dos territórios urbanos às alterações climáticas e ao cumprimento do Acordo de Paris; e a aposta na reabilitação urbana e mobilidade sustentável na política de cidades.

As mudanças têm ainda em atenção os novos poderes das áreas metropolitanas e das Comissões de Coordenação e Desenvolvimento Regional, assim como o novo ciclo de apoios comunitários.

Entre os diplomas que estarão sobre a mesa neste Conselho de Ministros constam também o novo Plano Nacional da Água, a Estragégia Nacional para o Ar 2020 e o pacote de compras públicas ecológicas.