Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

António Costa e Rui Moreira, um namoro correspondido

  • 333

Lucília Monteiro

António Costa deixou ontem implícito o apoio dos socialista à recandidatura de Rui Moreira, declaração de intenções que deixa feliz o presidente da Câmara do Porto depois de já ter recebido o patrocínio expresso do CDS

Isabel Paulo

Isabel Paulo

Jornalista

O nome de Rui Moreira não foi formalmente citado no 21.º Congresso Nacional do PS, mas ficou mais do que subentendido que António Costa irá apoiar a recandidatura do candidato independente à Câmara Municipal do Porto.

Apesar de as eleições terem ficado em plano secundário no Congresso, o secretário-geral do PS apelou à mobilização em torno das candidaturas independentes “onde as coisas estão a correr bem”, invocando assim o caso do Porto, onde o socialista Manuel Pizarro, vereador da Habitação e Coesão Social tem tudo um papel de destaque nas políticas de governação da cidade.

“Há situações onde o PS tem integrado e integra, com grande satisfação, a gestão de determinadas autarquias”, referiu o líder do do PS, razão pela qual defende como natural que os socialistas integrem ou apoiem as listas dos movimentos independentes. “É assim que servimos as cidades”, acrescentou.

Rui Moreira, que garante que a sua candidatura será sempre independente, não enjeita, contudo, apoios da direia à esquerda, tendo ontem avançado que “está muito satisfeito” com o eventual apoio dos socialistas às eleições do próximo ano. O autarca reagiu à aproximação de Costa após ter acompanhado Marcelo Rebelo de Sousa à Irmandade dos Clérigos, no Porto, onde, ontem, participou ainda no evento 'non-stop' Serralves em Festa.

O presidente da Câmara do Porto lembrou que o CDS também já manifestou interesse em apoiar a sua recandidatura, sublinhando que irá convidar para a sua lista aqueles que considera os melhores sem olhar a cores partidárias. Rui Moreira afirma que espera “naturalmente”apoio do PS e CDS, bem como de outros partidos, cidadãos independentes e de muitas pessoas, de forma a merecer “mais uma vez” o apoio maioritários dos portuenses.

Manuel Pizarro, líder da Distrital do PS desde o final do ano passado que preconiza o apoio a Moreira em sacrifício de uma candidatura própria na cidade, posição que está a dividir os socialistas locais, inconsoláveis com a perspetiva de ver o PS arredado da liderança da autárquica durante quase duas décadas, primeiro com os três mandatos sucessivos de Rui Rio e agora a mais que provável vitória do independente Rui Moreira até 2021.