Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Sete frases de Costa para a esquerda registar

  • 333

Marcos Borga

Na sua intervenção António Costa fez agradecimentos, sublinhou convergências e também fez avisos

Helena Pereira

Helena Pereira

Texto

Editora de Política

Luísa Meireles

Luísa Meireles

Texto

Redatora Principal

“Quero agradecer aos três (PCP, Bloco de Esquerda e Verdes) a lucidez, a coragem e a determinação que connosco partilharam, de saber interpretar corretamente a vontade de mudança que os portugueses expressaram nas urnas nas últimas eleições e pela forma leal e construtiva como têm sabido executar as posições conjuntas que assinámos e ainda como temos sabido ultrapassar as dificuldades, as divergências”

***

“O país vai ser capaz de vencer esta crise se assegurara estabilidade política, diálogo político e social e se se bater na Europa sem bravatas e subserviência”

***

“Por vezes é difícil ser socialista no quadro da União Europeia, mas fora deste quadro é impossível sê-lo”

***

“Nas eleições autárquicas, cada um fará por si o melhor que souber e puder”

***

“É preciso não confundir o que é reversão. Acabar com os cortes inconstitucionais das pensões, não é reversão, é cumprir a Constituição”

***

“É por isso que temos um ministro com coragem para enfrentar os lóbis e dizer que o dinheiro tem de ser bem gerido e vamos geri-lo onde ele é necessário”

***

“Tudo aquilo que ouço agora dizer sobre o Tiago Brandão Rodrigues não é sequer metade do que disseram quando o António Arnaut lançou o serviço nacional de saúde