Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

PS envia um obrigado especial a Marcelo

  • 333

Marcos Borga

Nome do Presidente da República quase não se ouviu no congresso do PS. Mas apareceu. No último dia e da boca do mais alto responsável: o novo presidente honorário do PS, António Arnaut

Helena Pereira

Helena Pereira

Editora de Política

António Arnaut, o pai do Serviço Nacional de Saúde, foi entronizado no congresso do PS presidente honorário e no primeiro discurso que fez aos congressistas fez um agradecimento especial ao Presidente da República, figura que tinha estado até agora ausente do debate.

"Faço um agradecimento pela forma como tem exercido o seu alto mandato, a sua alta magistratura, e pela forma como nos tem garantido que saberá cumprir a Constituição e defender o Estado social", afirmou, num breve e emocionado discurso.

Arnaut apelou ainda à união dos socialistas na reconstrução do Serviço Nacional de Saúde (SNS). "É preciso reconstruir o Serviço Nacional de Saúde e é preciso que o partido esteja envolvido, comprometido com a reconstrução do Serviço Nacional de Saúde, que é a pedra basilar do Estado social", afirmou António Arnaut, interrompido por aplausos de pé, pelos delgados ao 21.º Congresso do PS.

"Vamos trabalhar, vamos pela esquerda, que é o lado do nosso coração", afirmou Arnaut, que foi nomeado presidente honorário do PS na reunião magna socialista, que hoje termina na FIL.