Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Ana Gomes defende Europa federal e alerta para a guerra

  • 333

Marcos Borga

A eurodeputada diz que não pode continuar a haver uma grande coligação e que se tal acontecer, a Europa vai continuar a fragmentar-se

Luísa Meireles

Luísa Meireles

Redatora Principal

A eurodeputada Ana Gomes defendeu este sábado no Congresso do PS que “é preciso avançar para uma Europa federal, com soberania partilhada, mas com mais democracia, transparência, porque só assim terá autoridade e capacidade regulatória”, ao mesmo tempo que alertou para os perigos de uma guerra.

“Precisamos absolutamente não continuar sob a batuta de uma grande coligação em que a social-democracia se desacredita, com atitudes preconceituosas e impositivas, sem princípios e sem estratégia”, afirmou, para depois dizer que, “com essa grande coligação, com ou sem Brexit, a Europa vai continuar a fragmentar-se e da atual insegurança podemos facilmente resvalar para a guerra. Não queremos isso”, sublinhou.

Por essa razão, concluiu, o PS, “além de jogo de cintura para continuar a fazer funcionar a geringonça, também precisa de se bater no plano europeu e na família política socialista por uma agenda de esquerda”.

O eurodeputado Carlos Zorrinho abordou igualmente o tema europeu, para afirmar que Portugal “está no lado certo da história na luta que se está a travar na Europa”. Segundo Zorrinho, “as soluções tradicionais estão a falhar e para surpresa de muitos a geringonça vive e está a tornar melhor a vida dos portugueses.”

“Estamos a trilhar um caminho da renovação política, quem ficar para trás, fica para trás na história, concluiu o antigo líder do grupo parlamentar da direção de António José Seguro.