Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

António Arnaut vai ser presidente honorário dos socialistas

  • 333

O "pai" do Serviço Nacional de Saúde, António Arnaut, é um dos embaixadores da Associação Dignitude

Campiso Rocha

Fundador do PS e antigo ministro dos Assuntos Sociais vai suceder a António de Almeida Santos, que faleceu no início deste ano

O secretário-geral do PS, António Costa, anunciou esta sexta-feira que vai propor o fundador do partido e antigo ministro dos Assuntos Sociais, António Arnaut, para o cargo de presidente honorário dos socialistas.

Um anúncio feito por António Costa no seu primeiro discurso no 21.º Congresso Nacional do PS, na FIL (Feira Internacional de Lisboa) e que motivou uma prolongada salva de palmas por parte dos congressistas.

António Costa disse que a proposta de tornar o criador do Serviço Nacional de Saúde presidente honorário do PS será também subscrita pelo presidente do partido, Carlos César.

O secretário-geral do PS considerou que António Arnaut é um socialista "que melhor simboliza os valores de justiça social, igualdade e modernização do Estado".

António Arnaut vai suceder como presidente honorário a António de Almeida Santos, que faleceu no início deste ano.

Na parte inicial do seu discurso, António Costa referiu as recentes mortes de dois fundadores do PS, Maria de Jesus Barroso e Pedro Coelho, e de dois antigos presidentes, Almeida Santos e Ferraz de Abreu.