Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Governo demite conselho diretivo da Segurança Social

  • 333

Os quatro membros da direção do Instituto de Segurança Social foram chamados esta terça-feira ao Ministério para serem demitidos. Estavam há menos de um ano em funções

A secretária de Estado da Segurança Social, Cláudia Joaquim, demitu esta terça-feira o conselho diretivo do Instituto da Segurança Social. O Governo alega a necessidade de imprimir uma nova orientação estratégica à gestão dos serviços daquele organismo e fez cessar funções os quatro elementos da direcção do ISS. O mandato que devia terminar em 2020 cessará já a partir do próximo domingo.

Ana Clara Birrento e Jorge Almeida Campino eram, respetivamente, a presidente e o vice-presidente do instituto, tendo como vogais Luis Monteiro e Paulo Ferreira. Tinham sido nomeados em julho do ano passado, pelo anterior Governo do PSD/CDS e sujeitos a avaliação da CRESAP.

A demissão do conselho diretivo surge depois de, em janeiro, o mesmo ministério de Vieira da Silva ter exonerado a direção do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP), assim como mais de 80 dirigentes intermédios e regionais daquele organismo. O ministro e os secretários de Estado, na altura como agora, justificaram as exonerações com a necessidade de imprimir uma nova orientação estratégica aos serviços que tutelam.

O Instituto de Segurança Social tem um conselho diretivo e 18 delegações regionais espalhadas por todo o país.

LEIA O COMUNICADO ENVIADO PELO MINISTÉRIO