Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

PS forçado a assumir posição sobre a eutanásia

  • 333

JOSÉ CARLOS CARVALHO

Maria Antónia de Almeida Santos, deputada socialista e vice-presidente da comissão parlamentar de Saúde, vai apresentar uma moção sectorial que defende a despenalização da eutanásia

Uma manobra interna? Maria Antónia de Almeida Santos, deputada do PS e vice-presidente da comissão parlamentar de Saúde, vai apresentar uma moção sectorial que defende a despenalização da eutanásia, conta o "Diário de Notícias" esta terça-feira. Desta forma, o partido será forçado a tomar uma posição oficial sobre o tema (e, talvez, uma direção de voto).

Esta moção será entregue até ao dia 19 deste mês e, por questões formais, terá sempre de ser votada pelos militantes do PS. A moção setorial de Maria Antónia Santos poderá ser votada no congresso do partido, que se vai realizar de 3 a 5 de junho, ou na reunião da Comissão Nacional.

Desde o início de fevereiro que a eutanásia saltou para a agenda pública, com o lançamento da petição “Direito a morrer com dignidade”, um movimento cívico para a despenalização da morte assistida. Em finais de abril, a petição já contava com mais de oito mil assinaturas.