Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Governo já nomeou 1011 boys

  • 333

Marcos Borga

Dos 17 ministérios, as Finanças de Mário Centeno lideram a lista com 111 nomeações, o equivalente a gastos de 258 mil euros mensais

Desde que o Governo de António Costa chegou ao poder, foram nomeados para cargos de confiança política nos gabinetes ministeriais 1011 boys, segundo as contas feitas esta segunda-feira pelo "Correio da Manhã". Ao todo, estas contratações custam ao Estado 2,5 milhões de euros por mês.

Dos 17 ministérios, as Finanças de Mário Centeno lideram a lista com 111 nomeações, o equivalente a gastos de 258 mil euros mensais. Já António Costa está rodeado de 84 pessoas da sua confiança, com ordenados a variar entre os 1990 e os 4788 euros, conta o "CM". Por mês, manter o gabinete do primeiro--ministro ronda os 218 mil euros por mês.

Em terceiro lugar surge o Ministério da Economia, liderado por Manuel Caldeira Cabral, com 77 contratações que custam mensalmente mais de 200 mil euros. Por sua vez, e bem mais modesto, é o ministério do Mar, que apenas fez 29 nomeações.

Tendo em conta o número de contratações, o vencimento médio ronda os 2591 euros.

Segundo o "CM", no portal do Executivo estão apenas 823 nomeações para os gabinetes, mas no "Diário da República" foram publicadas 1011 contratações.