Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Cimeira luso-espanhola sem data

  • 333

Rajoy e Passos na cimeira de 2015

Rui Duarte Silva

Reunião devia ter lugar em Portugal. Costa vai esperar por novo Governo

Helena Pereira

Helena Pereira

Editora de Política

A próxima cimeira luso-espanhola deverá realizar-se em Portugal mas o Governo de António Costa vai esperar que haja um novo Governo em Espanha para marcar a reunião.

Segundo São Bento, não se trata propriamente de um adiamento pois as cimeiras não têm obrigatoriamente data certa para a sua realização. Nos últimos anos, porém, realizaram-se em junho (2015 e 2014) e em maio (2013 e 2012).

Na última reunião, Portugal e Espanha discutiram o transporte ferroviário, reafirmando a necessidade de criar um mercado ibérico de transporte de mercadorias. Comprometeram-se a reabilitar a ponte internacional sobre o Guadiana (entra Vila Real de Santo António e Ayamonte) e o avanço dos concursos para a conclusão da A25 entre Vilar Formoso e a fronteira.

Espanha está sem Governo desde 20 de dezembro, altura em que o PP ganhou as eleições com 28,7% dos votos, sem conseguir alcançar a maioria absoluta. Ao longo dos últimos meses, falharam todas as tentativas de acordos entre as principais forças políticas (PSOE, Ciudadanos e Podemos), tendo o rei Filipe VI decidido marcar novas eleições para dia 26 de junho.

Há cerca de dois meses, na Assembleia da República, António Costa aludira à falta de interlocutor espanhol por causa da indefinição do outro lado da fronteira.

iscutia-se o acidente na central nuclear de Almaraz, com o PEV a questionar como estava o Governo a acompanhar a questão. Costa explicou que as conversas se situaram ao nível da comissão técnica luso-espanhola que existe sobre a central nuclear, junto à fronteira com Portugal, e que quando houvesse novo Governo poderia haver discussão a nível ministerial.