Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Luís Montenegro: “O que andam os senhores a esconder?”

  • 333

José Carlos Carvalho

Líder parlamentar do PSD questiona o primeiro-ministro sobre medidas adicionais. António Costa garante que não há qualquer plano B: “Quero já tranquilizá-lo: não vai haver qualquer corte na Saúde ou na Educação”

Na intervenção do PSD, Luís Montenegro acusou esta tarde o chefe do Governo de insistir no passado e perguntou por que razão é que o Executivo não mudou o cenário macroeconómico deste ano.

“Mais uma vez, o senhor primeiro-ministro não resiste a falar
do passado, mas não temos problemas com isso. Se o resultado de 2015 é aparente, por que razão não mudou o cenário macroeconómico de 2016?”, questionou o líder parlmentar do PSD.

Em resposta, António Costa explicou que o cenário apresentado pelo Governo para este ano já incorpora o efeito do segundo semestre de 2015.

Montenegro defendeu também que o passado não deve servir de “desculpa” para a execução do Orçamento do Estado para 2016, questionando ainda o primeiro-ministro sobre o alegado plano de contingência enviado à Comissão Europeia, conforme noticiou esta quinta-feira o “i“.

“O que andam os senhores a esconder dos portugueses e do Parlamento? Que cortes há na Saúde e na Educação? Como vão compaginar o anúncio que fizeram de reduzir funcionários com o da contratação massiva de enfermeiros e e auxiliares?”, perguntou o líder parlamentar do PSD.

António Costa assegurou que não existe qualquer plano B e que não foi enviado a Bruxelas nenhum anexo secreto com medidas adicionais. “Quero já tranquilizá-lo: não vai haver qualquer corte na Saúde ou na Educação”.

Afirmou ainda que foram apenas enviados à Comissão todos os documentos entregues ao Conselho das Finanças Públicas ou à Unidade Técnica de Apoio Orçamental, garantindo ainda que “não escondem escandalosos aumentos de impostos, nem terríficos cortes nas prestações sociais.”