Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Governo acelera redução do défice e promete saldo positivo na próxima legislatura

  • 333

Mário Centeno terá, em janeiro, duas importantes ajudas para o desempenho da receita

MARCOS BORGA

Metas do Programa de Estabilidade preveem menos défice e congelamento da despesa do Estado

O Governo prevê, no Programa de Estabilidade que será aprovado esta quinta-feira em Conselho de Ministros, uma redução acelerada do défice. Segundo o Observador, o valor de défice será de 0,9% em 2018, 0,2% em 2019 (último ano da legislatura) e será postivo em 2020.

Estas previsões fazem com que o Executivo aperte o cinto em relação aquilo que previa anteriormente no programa de Governo: défice de 1,9% em 2018, 1,5% em 2019. O défice já para o próximo ano de 2017 deverá ser de 1,4% o que implica um corte de 1400 milhões de euros, como noticiou o "Diário Económico" esta manhã.

Para conseguir alcançar estas metas, de acordo com o Observador, o Governo vai aplicar um congelamento da despesa de consumo final das administrações públicas em valor pelo menos até 2018. Em 2019, a despesa de consumo deverá cair cerca de 80 milhões de euros. E no ano seguinte aumentará em 264,7 milhões de euros, para um total de despesa de 33,7 mil milhões de euros.