Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

António Capucho sondado pelo PS para a Câmara de Cascais

  • 333

Se for expulso, António Capuhco admite voltar a inscrever-se quando o PSD tiver outro líder

Rui Ochôa

No ano passado, na Convenção Nacional do PS, que que aprovou o seu programa eleitoral para as legislativas de outubro, o antigo autarca de Cascais, eleito pelo PSD, foi o convidado-surpresa e pôs a plateia de pé a aplaudi-lo quando declarou apoio ao partido

Está aberta a época de conversações e conversões, com vista nas eleições autárquicas em 2017. E Cascais é o primeiro território a ser atacado pelo PS. Segundo o "Diário de Notícias" desta quarta-feira, António Capucho, eleito três vezes pelo PSD à Câmara de Cascais, foi sondado "informalmente" pelo PS para concorrer novamente àquele município, mas, desta vez, com outras cores.

Em 2013, Capucho apoiou uma lista independente em Sintra –formada por dissidentes do PSD – e foi expulso do partido.

O "DN" escreve que a comissão política concelhia do PS em Cascais vê com bons olhos a possibilidade de António Capucho ser o candidato do partido àquela câmara municipal nas eleições autárquicas do próximo ano. Nesta suposta candidatura, Capucho tentará também envolver os independentes locais, liderados por Isabel Magalhães.

Em declarações ao "DN", Luís Miguel Reis, presidente da concelhia do PS em Cascais, diz que desta vez o partido pretende ter no concelho uma candidatura "credível e robusta" que reforce substancialmente os resultados do partido. Em 2013, a lista socialista ficou-se pelos 21%.

Para já, Luís Miguel Reis diz ser demasiado prematuro dar-se a escolha do PS como encerrada. Mas nesse movimento "António Capucho "pode ser incorporado".

No ano passado, na Convenção Nacional do PS, que que aprovou o seu programa eleitoral para as legislativas de outubro, António Capucho foi o convidado-surpresa e pôs a plateia de pé a aplaudi-lo quando declarou apoio ao PS, lembra o "DN".