Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

BE quer criminalizar enriquecimento ilícito para cargos públicos

  • 333

Marcos Borga

O escândalo Panama Papers motivou o regresso dos bloquistas a uma intenção já anteriormente manifestada. O partido quer a lei pronta até ao final da legislatura e insiste que é preciso acabar com o paraíso fiscal da Madeira

Com o caso dos Panama Papers na ordem do dia, o Bloco de Esquerda volta a uma intenção antiga e diz que pretende insistir no pacote legislativo para criar o crime de enriquecimento ilícito para cargos públicos.

A ideia do partido, anunciada esta segunda-feira na TSF, é ter a lei pronta até ao final da legislatura, evitando que o debate se arraste.

Segundo Pedro Filipe Soares, líder parlamentar do BE, já há trabalho feito nesse sentido, mas as restantes forças partidárias são benvindas à discussão.

Acabar com o paraíso fiscal da Madeira e criar uma entidade que fiscalize situações que configurem lavagem de dinheiro, corrupção e fuga aos impostos, são dois outros objetivos assumidos pelo Bloco.