Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Costa: “Este é um combate que tem de nos mobilizar a todos”

  • 333

HOMEM DE GOUVEIA / Lusa

O primeiro-ministro lembra que este é um combate de longa duração, que de cada vez que há um atentado há dezenas de outros que foram impedidos

Marta Caires

Jornalista

António Costa condena os atentados em Bruxelas e faz questão de lembrar que o combate ao terrorismo é uma luta de todos. O primeiro ministro, que esta terça-feira está em visita oficial à Madeira, enviou ainda condolências "aos belgas, à cidade de Bruxelas e ao governo de belga".

"O combate ao terrorismo é um combate que tem de nos mobilizar a todos e é um combate de longa duração. Não é um combate que se resolva rapidamente, pelo contrário. Exige um trabalho em profundidade, uma cooperação internacional e com uma intervenção profunda naquilo que são as periferias. Há um problema de inserção que é preciso fazer face e resolver", salientou.

Segundo o primeiro ministro, o nível de alerta não aumentou em Portugal, mas o Ministério da Administração Interna e o Ministério da Justiça estão a coordenar todos os serviços de segurança.

"Não podemos estar a responder por impulso sempre que há um atentado," disse ainda António Costa quando confrontado com a necessidade de novas medidas de combate ao terrorismo. O primeiro-ministro lembrou que este é um combate de longa duração, que de cada vez que há um atentado há dezenas que foram impedidos. O importante é que se mantenham as investigações policiais, se aperte o acesso aos explosivos e a vigilância sobre a rede de suspeitos e que exista cooperação internacional", sublinhou.