Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Audições do Banif começam pelos ex-administradores

  • 333

Tiago Petinga

Vítor Gaspar, Carlos Costa, Maria Luís Albuquerque e Mário Centeno vão à comissão de inquérito entre 5 e 7 de abril

Filipe Santos Costa

Filipe Santos Costa

Jornalista da secção Política

A comissão parlamentar de inquérito (CPI) ao caso Banif agendou esta tarde as primeiras audições, a partir de 29 de março. As primeiras testemunhas a serem chamadas ao Parlamento são os antigos administradores do banco. Só depois serão chamados à Assembleia da República os principais decisores políticos ligados a este processo.

Vitor Gaspar será o primeiro responsável das finanças a passar pela CPI, a 5 de abril, o mesmo dia em que será ouvido o governador do Banco de Portugal, Carlos Costa. Maria Luís Albuquerque estará perante os deputados a 6 de abril, e no dia seguinte será ouvido o atual responsável pelas Finanças, Mário Centeno.

Ainda durante o mês de março serão inquiridos vários antigos responsáveis do Banif. Os primeiros serão Marques dos Santos e Jorge Tomé (29 de março), seguindo-se Luís Amado (30) e António Varela (31).

Varela, que esta segunda-feira se demitiu da administração do Banco de Portugal em conflito com Carlos Costa, estará, assim, na CPI antes do governador. Porém, este agendamento nada teve a ver com o conflito tornado público esta semana, garante o presidente da comissão de inquérito, o comunista António Filipe. Uma vez que as audições vão começar pelos ex-administradores, e Varela era o administrador do Banif nomeado pelo Estado, será convocado pela CPI nessa categoria. Porém, é provável que seja também questionado na qualidade de responsável pela supervisão no Banco de Portugal - cargo que ocupou desde 2014, quando transitou do Banif para o banco central.