Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

PS sobre o novo emprego de Maria Luís: “Embaraçoso”

  • 333

Ex-ministra vai trabalhar para empresa britânica que comprou créditos do Banif. Líder da bancada parlamentar socialista considera que é necessário clarificar a situação, uma vez que ao longo do mandato da antiga governante foram desenvolvidos “vultuosos negócios” com o novo empregador de Maria Luís

Maria Luís Albuquerque assegura que não existe qualquer ilegalidade no seu novo emprego. O PS diz que não quer saber a opinião da ex-ministra das Finanças, mas antes o parecer da subcomissão de ética parlamentar. Carlos César considerou, esta quinta-feira, que o novo emprego de Maria Luís consitutui um “embaraço para a Assembleia”.

“Há aqui uma situação embaraçosa e de cumplicidade negativa. O que reconheço é que há uma senhora a trabalhar para uma empresa com quem fez vultuosos negócios enquanto foi ministra”, disse Carlos César aos jornalistas. “No mínimo, é necessário clarificar e perceber se há ou não alguma perversidade nesta correlação.”

Maria Luís Albuquerque vai desempenhar funções de diretora não executiva e fará parte do comité de auditoria e risco da Arrow Global, uma empresa que se dedica à gestão e recuperação de dívidas e que comprou em 2014 carteiras de crédito ao Banif.

Carlos César diz que recusa entrar em “mediatismo populistas” e deixou claro que o “PS não tem nada que ver com isto”. O que importa agora, afirma Carlos César, é verificar se o nosso emprego da antiga ministra “é legitimo”.

Notícia atualizada às 19h58