Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

PCP quer mudar governador e Banco de Portugal

  • 333

Luís Barra

Francisco Lopes criticou Carlos Costa, mas diz que "não chega alterar o governador, é precisa outra opção para o Banco de Portugal". Comunistas querem recuperar os "poderes que foram retirados pela União Europeia" à supervisão bancária nacional

O dirigente comunista liderou a delegação que veio assistir ao encerramento do Congresso da CGTP. À entrada foi confrontado pelos jornalistas sobre a entrevista dada por Carlos Costa ao Expresso e não poupou nas críticas. Para Francisco Lopes, o governador do Banco de Portugal "está profundamente ligado ao que fez o Governo do PSD e do CDS". E, face à situação do Novo Banco, "tem de extrair ilações".

Os comunistas querem que o Novo Banco "fique na esfera pública para responde às necessidades de soberania do País" e exigem que o supervisor bancário "tome medidas para impedir os processos de despedimento d trabalhadores, que não têm culpa nenhuma do que se passou".

"Desde a chegada da troika o sector bancários perdeu dez mil postos d tabaco", disse Francisco Lopes que instou o governador do Banco de Portugal "a assumir responsabilidades que são graves".