Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Catarina Martins assume: cartaz “foi um erro”

  • 333

Mário Cruz/ Lusa

“Se não foi compreendido, foi um erro”. A porta voz do Bloco de Esquerda fala pela primeira vez sobre a polémica dos cartazes de “Jesus também tinha dois pais”

À entrada para a sessão de encerramento do XIII Congresso da CGTP, Catarina Martins assumiu que a campanha que visava assinalar a promulgação da adoção por casais homossexuais "foi um erro". A líder bloquista acabou por assumir a responsabilidade da iniciativa uma vez que "tudo o que se passa no Bloco passa pela direção o que significa que passa, naturalmente, por mim".

Catarina Martins terá avalizado a divulgação dos cartazes que não serão impressos (como inicialmente o BE previa) resumindo-se apenas à circulação nas redes sociais.

Numa curta declaração aos jornalistas, a líder do BE referiu-se ainda à entrevista de Carlos Costa ao Expresso, repetindo que o governador do Banco de Portugal "não tem condições para continuar" a exercer o cargo. Quanto à declaração de Costa, segundo o qual "um pequeno incidente" não justificaria a sua demissão, Catarina Martins considerou tratar-se de "uma grande falha de análise".