Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Marisa Matias diz que cartaz do BE foi “um erro”

  • 333

Rui Duarte Silva

A ex-candidata a Belém considera que o cartaz do BE para assinalar a aprovação da adoção gay “saiu ao lado da intenção” pretendida

Questionada por um internauta sobre o polémico cartaz do Bloco “Jesus também tem dois pais”, Marisa Matias admitiu no Facebook que a ideia foi um “erro”. “Acho que saiu ao lado da intenção que se pretendia. Que foi um erro”, escreveu a ex-candidata presidencial na sua página da rede social.

A reação de Marisa Matias difere da posição oficial do Bloco, que desavalorizou a polémica com o cartaz: “Não se trata de um cartaz, mas da forma de, nas redes sociais, com recurso ao humor, chamar a atenção para a conquista da igualdade entre todas as famílias”, afirmou o BE em comunicado.

No cartaz - que começou a circular na quinta-feira - o slogan “Jesus também tem dois pais” é acompanhado da frase “Parlamento termina discriminação na lei da adoção”

O cartaz que visava assinalar a aprovação no parlamento da adoção de casais do mesmo sexo, a 10 de fevereiro, foi alvo de críticas dos partidos da direita e da Igreja Católica.

O vice-presidente da Conferência Episcopal Portuguesa, D. António Marto, considerou que a imagem é “lamentável” e “atinge o mais íntimo da fé dos crentes”.

Também o deputado do PSD Fernando Negrão criticou a imagem, que dsise ser “lamentável” e fruto de “radicalismo” do Bloco. O deputado do CDS Pedro Mota Soares acusou, por sua vez, o cartaz de ser uma “ofensa gratuita à sensibilidade” dos cristãos.