Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Marcelo Rebelo de Sousa toma posse e vai à Mesquita de Lisboa

  • 333

José Carlos Carvalho

O convite partiu de Abdool Vakil, presidente da Comunidade Islâmica de Lisboa, e amigo de longa data do Presidente da República eleito

Todos os ex-Presidentes da República já passaram pela Mesquita Central de Lisboa, mas nenhum no próprio dia da tomada de posse. Segundo o jornal “Público” desta terça-feira, Marcelo Rebelo de Sousa vai participar numa oração ecuménica horas depois de oficialmente assumir o cargo, na tarde de dia 9 de março. O Expresso já conseguiu confirmar esta informação.

O objetivo da iniciativa é chamar a atenção para a necessidade de entendimento entre religiões e culturas, numa época em que o terrorismo é um dos temas centrais ao nível internacional.

Abdool Vakil, presidente da Comunidade Islâmica em Portugal, é amigo de longa data de Marcelo Rebelo de Sousa e após o resultado das eleições estiveram juntos: foi aí, contou ao Expresso, que fez o convite ao sucessor de Cavaco Silva. “Acha que um dia poderá passar pela mesquita? Talvez já no dia 9?”, perguntou. "Atrevi-me", diz Abdool. E Marcelo, que a princípio ficou surpreso, aceitou.

Esta não é a primeira vez que este tipo de iniciativa ecuménica é organizada dentro da comunidade Islâmica em Portugal, garante Abdool Vakil. Mas a presença de Marcelo Rebelo de Sousa, um confesso católico, acrescenta, sem dúvida, capital simbólico ao dia.

Para lá de católicos e muçulmanos, estarão presentes nessa cerimónia outras confissões religiosas, como adventistas, evangelistas, budistas e judeus.