Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

João Galamba: “A direita não saberia que alternativa propor”

  • 333

Marcos Borga

Deputado socialista defende que o Orçamento do Estado “é amigo das famílias, devolve rendimentos e cumpre aquilo que prometia”

Marta Gonçalves

Marta Gonçalves

Texto

Jornalista

“Como não sabem o que dizer de um bom orçamento, inventam”, foi assim que João Galamba arrancou a sua intervenção, esta segunda-feira, no Parlamento. Na discussão do Orçamento do Estado para 2016, o deputado socialista acusou o CDS e o PSD de tentarem, por todos os meios, travar o documento.

“[PSD e CDS] estão a tornar público o seu embaraço sobre um Orçamento do Estado amigo das famílias. O cadastro do Governo anterior queria aliviar os impostos não para as famílias mas para as grandes empresas”, disse Galamba. “Fizeram tudo em português e em estrangeiro para que este Orçamento não avançasse. Depois, em jeito de desespero, apostaram tudo nas agências de rating. Falharam. A derrota da direita representa uma vitória para o país”, acrescentou.

O documento, assegura o deputado, “cumpre aquilo que era prometido” e “muda mesmo a página”, o que considerou que “corresponde a uma novidade” tendo em conta dos “últimos tempos”.

“Por muito que tentem, não vão transformar o Orçamento do Estado para 2016 no que foram os anteriores Orçamentos”, disse João Galamba. E concluiu: “A direita não saberia que alternativa propor”.