Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Medina ajuda Marcelo a preparar posse festiva

  • 333

Há reuniões em curso. Um concerto jovem na Praça do Município de Lisboa é uma hipótese, mas a Moda Lisboa atrapalha. A Câmara está a ajudar na posse diferente do novo Presidente da República

Fernando Medina disponibilzou serviços da Câmara de Lisboa para ajudar a preparar o evento com que Marcelo Rebelo de Sousa quer assinalar uma posse diferente (mais próxima das pessoas) do novo Presidente da República.

Houve uma primeira reunião na semana passada com a presença de Catarina Vaz Pinto, a vereadora socialista que tem o pelouro da cultura. E para esta quarta-feira à tarde está marcada outra reunião para analisar a hipótese de um concerto jovem a realizar na Praça do Município, mas não está ainda fechado que seja esse o evento e o local escolhidos.

Segundo apurou o Expresso, a dificultar o evento (previsto para 9 de março, dia da posse do novo chefe de Estado), está a Moda Lisboa. A iniciativa terá início a 10 de março, prolongando-se até 13 de março, e terá como palcos a Praça do Município e o Pátio da Galé, espaço municipal quase contíguo, situado na ala poente do Terreiro do Paço.

A Moda Lisboa implica uma movimentação de equipamentos e de estruturas (além da presença constante de muitas pessoas envolvidas no evento), que em parte tem de estar no terreno na véspera, precisamente a data do concerto).

Ao Expresso, Fernando Medina, o presidente da Câmara, não quis confirmar estar a ajudar à festa. “Ninguém da Câmara irá falar sobre a tomada de posse do sr. Presidente da República. Compete ao Presidente eleito anunciar o que irá ser feito.”

Marcelo Rebelo de Sousa disse ao jornalistas, durante a campanha, que se ganhasse as eleições gostaria de fazer uma cerimónia de tomada de posse diferente do mero figurino institucional. Uma festa na rua estaria em linha com o registo que escolheu para chegar a Belém: “o mais próximo possivel das pessoas”.