Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Balsemão: Passos Coelho “precisa de renovar o seu pessoal”

  • 333

Alberto Frias

Ex-presidente do PSD comparou esta sexta-feira a política portuguesa a uma corrida de cavalos entre o PS (um coche “difícil de governar”) e o PSD, que anda com os “cavalos um pouco cansados” e um “cocheiro frustrado por ter ganho a última corrida” sem ficar com os louros

O Partido Social Democrata (PSD) “precisa de renovar o seu pessoal”, afirmou esta sexta-feira o antigo presidente e fundador do partido Francisco Pinto Balsemão. O também presidente do conselho de administração do grupo Impresa (que detém o Expresso) falava no OpenDay da Rádio Renascença.

Com os olhos postos no congresso do PSD, marcado para abril, Balsemão defendeu “um regresso às raízes sociais-democratas”, como fica expresso no slogan da recandidatura de Passos à liderança do PSD, "social-democracia, sempre!". O fundador do partido sublinha ainda a importância de serem apresentadas “ideias mais concretas” - que podem passar pelo cooperativismo, importância do sector privado e da sociedade civil e por repensar o papel do Estado.

Comparando o cenário político em Portugal a uma corrida de cavalos, o ex-presidente do PSD explicou que essa corrida está a ser realizada por dois coches: um liderado por António Costa, outro por Pedro Passos Coelho; o primeiro é “difícil de governar”, o segundo anda com “os cavalos um pouco cansados” e tem um “cocheiro frustrado por ter vencido a última corrida e não ter tido os louros.” É com base nessa fadiga que realça a importância do PSD renovar o seu pessoal.