Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Verdes apontam sinal muito relevante para o combate ao empobrecimento

  • 333

Tiago Petinga/Lusa

Heloísa Apolónia lamentou o “travão enormíssimo” colocado pela Comissão Europeia, que trabalha apenas para “os números” e não olha para os portugueses e a sua qualidade de vida. Mas deixa alguns elogios ao Orçamento

O partido ecologista Os Verdes considerou esta sexta-feira que a proposta de Orçamento do Estado para 2016 dá "um sinal muito relevante" para o combate ao empobrecimento, lamentando o "travão enormíssimo" que houve da parte da Comissão Europeia.

"Acho que está dado um sinal muito relevante relativamente ao combate ao empobrecimento do país", afirmou Heloísa Apolónia, deputada do partido ecologista Os Verdes, em declarações aos jornalistas no Parlamento a propósito da proposta de Orçamento do Estado para 2016, que o Governo entregou na Assembleia da República.

Lamentando o "travão enormíssimo" que representou a Comissão Europeia, Heloísa Apolónia acusou Bruxelas de trabalhar apenas para "os números" e não com o olhar virado para os portugueses e a sua qualidade de vida.

Apesar dos "sinais muito significativos" e "muito importantes" que a proposta do Orçamento do Estado para 2016 dá, nomeadamente as devoluções salariais ou a devolução da sobretaxa, Heloísa Apolónia prometeu que no debate na especialidade Os Verdes "não vão esquecer a necessidade de reverter também a destruição que estava a ser feita pelo anterior Governo de alguns sectores que são fundamentais", como a mobilidade, a educação e a saúde.

Questionada relativamente ao aumento do imposto sobre os produtos petrolíferos, a deputada disse que é uma medida que "gera preocupação" aos Verdes, pois embora haja a tendência para a associar a uma dimensão ambiental, muitas pessoas usam o seu carro porque não têm alternativa.

Nesse sentido, acrescentou, o partido ecologista quer "trabalhar muito seriamente" na melhoria da mobilidade e dos transportes coletivos.