Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Governo prevê défice de 2,2% este ano

  • 333

Marcos Borga

Em janeiro, na apresentação do esboço do OE, o Executivo apontou para um défice orçamental de 2,6% em 2016. A Comissão Europeia e o FMI são mais pessimistas

O Governo estima que o défice orçamental de Portugal caia para os 2,2% do Produto Interno Bruto (PIB) este ano, segundo a proposta orçamental.
De acordo com o relatório da proposta de Orçamento do Estado para 2016, esta sexta-feira entregue pelo Governo à Assembleia da República, o défice orçamental deverá cair dos 4,3% do PIB em 2015 para os 2,2% em 2016.

No esboço de Orçamento do Estado para 2016 (OE2016), apresentado ao parlamento português e a Bruxelas a 22 de janeiro, o Governo previa um défice orçamental de 2,6% este ano, um valor que estava 0,2 pontos percentuais abaixo do que constava na proposta de Governo dos socialistas.

Na quinta-feira, tanto a Comissão Europeia como o Fundo Monetário Internacional (FMI) apresentaram projeções orçamentais para Portugal e as duas instituições mostraram mais pessimismo do que o Governo: Bruxelas espera um défice de 3,4% este ano e o Fundo antecipa que seja de 3,2%.

No entanto, o Ministério das Finanças afirmou, na altura, que a posição do FMI "não reflete os desenvolvimentos negociais ocorridos no âmbito das consultas técnicas entre as autoridades portuguesas e os serviços da Comissão Europeia no que respeita ao esboço de Orçamento do Estado de 2016", uma vez que o Fundo "não participou nas consultas técnicas mantidas entre Portugal e a Comissão Europeia sobre esta matéria".