Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

BES e Banif “talvez signifiquem que o senhor governador não tem condições para continuar”

  • 333

Marcos Borga

Governador do Banco de Portugal muito criticado no dia em que se deslocou ao Parlamento no âmbito do caso Banif

“Estas fragilidades do sistema financeiro português provocadas pelos banqueiros, com a cobertura do Banco de Portugal [BdP], talvez signifiquem que o senhor governador não tem as mínimas condições para continuar”, afirmou esta sexta-feira o deputado comunista Miguel Tiago durante a audição do governador Carlos Costa na comissão de Orçamento e Finanças.

Miguel Tiago referiu que “desde 2008 os portugueses já enterraram 16 mil milhões de euros na banca sem que tivessem qualquer responsabilidade nisso”. E acusa os próprios banqueiros de criarem “os grandes problemas nos bancos”, apesar de serem “os trabalhadores que, no final, têm de pagar.”

O deputado do PCP acusa o BdP de ter responsabilidade neste processo. “Como é possível que um banco que está já num processo de ajudas públicas chegue a esta situação sem que o BdP tivesse atuado positivamente? Como é que só no dia 17 novembro o BdP tomou conhecimento das imparidades que arruinam o balanço do banco?”