Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Marcelo faz noite eleitoral na Faculdade de Direito

  • 333

José Carlos Carvalho

Marcelo não queria um hotel. Escolheu o átrio da Faculdade de Direito, pagou, e a direção cedeu-lhe o espaço.

A noite eleitoral de Marcelo Rebelo de Sousa vai ser no átrio da Faculdade de Direito de Lisboa. O candidato não queria um hotel - o cenário mais habitual - e a sua sede de candidatura foi considerado um espaço inadequado para o efeito. Depois de uma certa indefinição, a assessoria de imprensa da campanha anunciou hoje o local, que já foi visitado pelas televisões.

Luís Pereira Coutinho, vice-presidente da FDUL, confirmou ao Expresso o aluguer do espaço, previsivelmente por 537 euros e 50 mais IVA, a que se somarão os custos "de segurança e limpeza". "Tudo de acordo com o Regulamento interno", frizou.

O Regulamento de Gestão e Utilização das Instalações da FDUL prevê a cedência de espaços a entidades externas "desde que as respetivas atividades não se mostrem incompatíveis com a prossecução das atribuições da Faculdade". E prevê o respetivo pagamento, existindo uma tabela para a cedência de salas e anfiteatros, que oscila entre 60 e 900 euros/dia (oito horas) ou entre 10 e 150 euros à hora.

O átrio não consta dessa tabela, que também prevê um preço para a captação de imagens - 2 mil euros por dia se for filmagem e 600 euros por dia se for fotografia.

A Faculdade de Direito de Lisboa tem autonomia e regulamento próprio. O diretor é o professor Pedro Martinez.