Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Mais e melhores bolsas de estudo no Ensino Superior

  • 333

Na versão das Grandes Opções do Plano para 2016-2019, enviada ao Conselho Económico e Social, pode ler-se que o Governo pretende “reforçar a Ação Social Escolar direta, através do aumento do valor das bolsas de estudo e do número de estudantes elegíveis”

O Governo quer aumentar o valor das bolsas de estudo destinadas aos alunos do ensino superior e aumentar o número de estudantes elegíveis a este apoio, segundo a proposta de Grandes Opções do Plano (GOP) divulgadas esta terça-feira.

Na versão das GOP para 2016-2019, enviada ao Conselho Económico e Social e a que a Lusa teve acesso, lê-se a intenção de "reforçar a Ação Social Escolar direta, através do aumento do valor das bolsas de estudo e do número de estudantes elegíveis, e da ação social indireta com a transferência do financiamento público adequado às universidades e politécnicos para assegurar serviços de alimentação, alojamento e transportes".

Para conseguir responder melhor às necessidades dos estudantes carenciados nos diferentes ciclos de ensino, o Governo defende para o próximo quadriénio a reestruturação e desburocratização do sistema de ação social escolar.

Avaliar o regime de acesso ao ensino superior e promover um debate público, visando a sua modernização e adequação aos novos contextos e criar um programa de apoio à mobilidade no ensino superior e a estudantes deslocados que associe Estado, universidades e municípios são outras das medidas previstas nas GOP.

A ideia base é alargar e democratizar o ensino superior, existindo também medidas concretas para o aprofundamento da autonomia das instituições científicas e de ensino superior, para o estímulo à melhoria dos níveis de sucesso educativo e de apoio à maior empregabilidade dos diplomados.