Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Passos espera que se confirme a “previsibilidade das sondagens” sobre as presidenciais

  • 333

Luís Barra

Ex-primeiro-ministro, sem nunca referir o nome de Marcelo, diz ainda que quer “olhar os próximos anos com mais confiança também a partir de Belém”

O presidente do PSD afirmou esta quarta-feira esperar que se confirme "a previsibilidade para que apontam muitas das sondagens" sobre o resultado das eleições presidenciais, que dão a vitória ao social-democrata Marcelo Rebelo de Sousa.

Depois de ouvir cantar as janeiras, na sede nacional do PSD, em Lisboa, Passos Coelho disse que Portugal vive "um ciclo político novo, com um Governo novo" e que "se vai abrir também um novo ciclo político marcado pela eleição de um novo Presidente da República".

Em seguida, o presidente do PSD falou na "previsibilidade que vem associada a algumas tradições", declarando: "Algumas delas não foram seguidas neste novo ano, mas esperemos que outras boas tradições possam ser seguidas e que a previsibilidade para que apontam muitas das sondagens que têm sido publicadas possa vir a concretizar-se".

Numa alusão a Marcelo Rebelo de Sousa, que nunca nomeou, o anterior primeiro-ministro disse ainda que espera que se possa "olhar os próximos anos com mais confiança também a partir de Belém".

Antigo presidente do PSD, o professor universitário e comentador político Marcelo Rebelo de Sousa anunciou a sua candidatura a Presidente da República no dia 9 de outubro.
Em reuniões simultâneas realizadas a 10 de dezembro, os conselhos nacionais do PSD e do CDS-PP, aprovaram recomendações de voto em Marcelo Rebelo de Sousa, dirigidas aos respetivos eleitorados.