Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Qual foi o debate presidencial mais visto até aqui?

  • 333

JOÃO RELVAS/LUSA

Primeiros três lugares dos debates das Presidenciais 2016 são ocupados pela RTP

O debate entre os candidatos presidenciais Marisa Matias e Sampaio da Nóvoa, transmitido a 1 de janeiro pela RTP1, foi o mais visto de todos os realizados até domingo, de acordo com dados da GfK tratados pela Carat.

O frente a frente televisivo entre Marisa Matias e Sampaio da Nóvoa no canal público, que inaugurou o ciclo de debates de candidatos às eleições presidenciais de 24 de janeiro, obteve uma quota de audiência de 13,2%. Este debate teve uma audiência média de 602,3 mil espectadores.

O debate entre os candidatos presidenciais Henrique Neto e Sampaio da Nóvoa, transmitido a 2 de janeiro pela RTP1, foi o segundo mais visto, com 10,5% de 'share' e um audiência média de 486,3 mil telespectadores, seguido do frente a frente entre Edgar Silva e Paulo de Morais, realizado no domingo também pelo canal público, com 10,2% de quota e uma audiência de 541,8 mil pessoas, de acordo com o trabalho feito pela Carat tendo como base os dados da GfK.

Já o frente a frente entre os candidatos Henrique Neto e Marcelo Rebelo de Sousa, transmitido a 3 de janeiro pela SIC Notícias, ficou em quarto lugar nos debates realizados até ao passado domingo.

O debate transmitido pelo canal de informação do grupo Impresa obteve um 'share' de 3,1%, com uma audiência média de 166,5 mil espectadores.

Por sua vez, o debate transmitido pela TVI24 no primeiro dia do ano e que contou com o abandono, em direto, do candidato presidencial Cândido Ferreira, por discordar do modelo previsto, foi o quinto mais visto até agora, com um 'share' de 2,6%, com uma audiência média de 89,3 mil telespectadores.

Além de Cândido Ferreira, que abandonou o debate televisivo em direto, logo no início, participaram os candidatos presidenciais Marcelo Rebelo de Sousa, Vitorino Silva (Tino de Rans) e Jorge Sequeira.

Com 2,2% de audiência, o debate entre os candidatos presidenciais Maria de Belém e Paulo Morais, transmitido pela SIC Notícias a 01 de janeiro, obteve uma audiência média de 103,5 mil telespectadores.

Todos os restantes debates registaram um 'share' inferior a 2%.