Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Presidenciais. Debates arrancam na próxima sexta-feira

  • 333

Os debates televisivos com os candidatos a Belém deverão prologar-se até ao próximo dia 9 de janeiro

Os debates na televisão entre sete candidatos às presidenciais de 24 de janeiro arrancam na sexta-feira, existindo ainda alguma indefinição relativamente aos restantes três candidatos, cujas candidaturas foram admitidas, mas que não constam da programação das televisões.

Nesta fase estão agendados debates entre 01 e 09 de janeiro mas integrando apenas sete candidatos: Marcelo Rebelo de Sousa, Maria de Belém, Sampaio da Nóvoa, Marisa Matias, Edgar Silva, Paulo Morais e Henrique Neto.
De fora desta lista de debates a dois ficam três nomes cujas candidaturas foram aceites pelo Tribunal Constitucional (TC): Cândido Ferreira, Jorge Sequeira e Vitorino Silva (Tino de Rans).
Na terça-feira soube-se que o TC admitiu as dez candidaturas às eleições presidenciais que tinham sido formalizadas com a entrega de pelo menos 7500 assinaturas até 24 de dezembro, o que constitui um número recorde de candidatos a Belém.

Entre 01 e 06 de janeiro haverá três debates por dia, um por cada canal: RTP, SIC e TVI, embora só o canal público transmita os debates desses dias em sinal aberto.

Depois, no dia 07, a SIC transmite às 20:45 no seu canal aberto - e não no cabo - o debate entre Marcelo Rebelo de Sousa e Sampaio da Nóvoa, ao passo que no dia seguinte, às 21:00, o canal 1 da RTP é palco da troca de ideias entre Marcelo e Maria de Belém.

Para dia 09 de janeiro, cerca das 20:45, está previsto o embate entre Sampaio da Nóvoa e Maria de Belém, a emitir na TVI.

Os debates terão tendencialmente 30 minutos de duração, excetuando os três últimos em sinal aberto, que durarão aproximadamente 45 minutos, revelaram as estações televisivas.

Para dia 19 de janeiro já estava previsto um último debate televisivo na RTP entre os candidatos presidenciais, desconhecendo-se, agora, se participarão os dez concorrentes.

No dia 01 de janeiro, sexta-feira, data que marcará o arranque dos debates, há ainda a particularidade de ser transmitida a última mensagem de Ano Novo de Cavaco Silva enquanto Presidente da República.

O período oficial de campanha eleitoral será entre 10 e 22 de janeiro de 2016, e o sufrágio está agendado para dia 24.

O artigo 7.º da lei da cobertura eleitoral frisa que "no período eleitoral os debates entre candidaturas promovidos pelos órgãos de comunicação social obedecem ao princípio da liberdade editorial e de autonomia de programação, devendo ter em conta a representatividade política e social das candidaturas concorrentes".