Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Voltou a acontecer: Portugal vai ter futebol em dia de eleições

  • 333

Em dia de presidenciais, o FC Porto recebe o Marítimo

ESTELA SILVA/ Lusa

Liga anunciou data e horários para os jogos do fim de semana das presidenciais, marcadas para 24 de janeiro. Haverá futebol no dia em que o país vai às urnas, incluindo uma partida com um dos grandes. Abstenção bateu recorde na única vez em que houve futebol em dia de eleições - nas últimas legislativas

Depois da polémica dos jogos de futebol em dia de eleições legislativas - 4 de outubro foi a primeira vez em democracia que tal sucedeu (e a abstenção bateu novos recordes) -, a história parece repetir-se. A 24 de janeiro, data em que os portugueses vão às urnas eleger o mais alto representante do Estado, haverá futebol.

Em comunicado divulgado esta terça-feira, a Liga anuncia que estão agendados três encontros para o dia das presidenciais. Trata-se dos seguintes jogos da 19ª jornada:

16h Belenenses-Vitória de Guimarães
18h15 Braga-Rio Ave
20h30 FC Porto - Marítimo

A Liga diz que estes jogos não podem ser antecipados “face às 72 horas de descanso regulamentares entre jogos de competições oficiais (partidas de dia 20 de janeiro referentes à segunda jornada da Taça da Liga e jornada 19 da Liga NOS)”.

Assim, os “cidadãos recenseados que integram as suas equipas, bem como todos os agentes que participam nos referidos jogos”, vão poder “exercer o seu direito de voto junto das respetivas câmaras municipais” nos termos previstos na lei do “voto antecipado” e “modo de exercício do direito de voto antecipado por razões profissionais”, refere a Liga em comunicado.

“A Liga aproveita para apelar a todos os adeptos que pretendam deslocar-se para verem as suas equipas que não deixem de exercer o seu direito e dever de voto”, conclui o comunicado.

No dia 15 deste mês, a Liga tinha feito saber que procedera à antecipação “das jornadas das suas competições para o dia 23 de janeiro”, para não coincidir com o sufrágio. No entanto, os três jogos em causa terão obrigatoriamente de ser realizados a 24, de acordo com a Liga.