Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Costa anuncia atualização das pensões e das prestações sociais

  • 333

Marcos Borga

Primeiro-ministro diz que o desígnio é fechar a “página da austeridade” e inaugurar um “novo tempo de esperança”

O primeiro-ministro anunciou esta quarta-feira no Parlamento que o Governo vai aprovar ainda esta semana a atualização das pensões e a reposição dos valores cortados no complemento solidário para idosos e no rendimento social de inserção, "revertendo os cortes aplicados desde 2010".

“Há duas semanas, quando apresentei o programa do Governo, propus o triplo desígnio: mais crescimento, mais emprego e maior igualdade. (...) E assim abrimos um novo tempo de esperança e fechamos a página da austeridade”, afirmou António Costa.

Depois de lembrar a aprovação da redução da sobretaxa, Costa sublinhou ainda outro compromisso assumido pelo Executivo: a proposta de aumento do salário mínimo nacional (SMN), realçando que se encontra em debate na Concertação Social.

“Foi esta a agenda de relançamento da economia que o Governo apresentou à comissão permanente da concertação social. A garantia que aqui deixámos que valorizamos a concertação social a todos os níveis já está a ser cumprida. Estamos já a trabalhar em sede de concertação social”, garantiu.

Enunciando o número de portugueses afetados pelas medidas do Governo, António Costa falou em 1,6 milhões de atingidos pela redução da sobretaxa, mais um milhão de crianças afetadas pela atualização dos três primeiros escalões do abono de família e dois milhões de pensionistas com a atualização do valor das pensões.

Relativamente ao sector empresarial, o primeiro-ministro anunciou que esta semana será dada luz verde em Conselho de Ministros a uma unidade de missão que terá a cargo ações, como a criação do fundo de capitalização para as empresas.

  • Em direto (com vídeo): Costa anuncia mais medidas para as famílias, Passos afinal fala

    No primeiro debate quinzenal com António Costa a liderar o Governo, o primeiro-ministro anunciou a atualização das pensões e do complemento social de idosos. Depois de ter sido noticiado que Passos Coelho ia entregar a Luís Montenegro o embate, o ex-primeiro-ministro acabou por se pronunciar. Contamos tudo ao minuto: vídeo SIC Notícias, acompanhamento Parlamento Global