Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Stiglitz, um nobel à procura de saber o que se passa em Portugal. E que almoça à esquerda

  • 333

ANDREAS SOLARO / AFP / Getty Images

Joseph E. Stiglitz encontrou-se com António Costa e também com os partidos que apoiam o Governo socialista. Objetivo: ficar a conhecer mais aprofundadamente a realidade económico-social portuguesa

O economista norte-americano Joseph E. Stiglitz, laureado com o prémio Nobel da Economia em 2001, almoçou esta terça-feira com António Costa, em São Bento (Lisboa), disse à agência Lusa fonte socialista.

Além do primeiro-ministro, no almoço também estiveram presentes o ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, o porta-voz do PS João Galamba, e o deputado socialista Paulo Trigo Pereira.

Stiglitz pretende ficar a conhecer mais aprofundadamente a realidade económico-social portuguesa. Antes do almoço, reuniu-se com os grupos parlamentares do Bloco de Esquerda, PS e PCP, enquanto a conversa com os "Os Verdes" realizou-se esta tarde.

Findo este último encontro, a dirigente Manuela Cunha afirmou aos jornalistas que Stiglitz transmitiu uma mensagem de preocupação face à evolução da União Europeia, defendendo a pressão para que a Alemanha aceite uma inversão do atual caminho. Segundo a dirigente ecologista, Stiglitz considera a regra do limite de 3% do pacto de estabilidade "perfeitamente ridícula".

Pela parte de "Os Verdes", foram apresentados ao economista alguns dos pontos do acordo político celebrado com o PS, designadamente em matérias como o fim das privatizações nos setores da água e dos transportes, a aposta na ferrovia e a travagem do eucalipto.

O presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues, será a última figura parlamentar a receber o antigo vice-presidente do Banco Mundial e consultor económico da Administração Clinton. Finalmente, às 18h30, o economista premiado termina o dia com uma conferência na Fundação Calouste Gulbenkian, intitulada "Desigualdade num Mundo Globalizado".

Atualmente com 72 anos, Joseph E. Stiglitz participou ainda no Relatório do Painel Intergovernamental sobre Alterações Climáticas (IPCC), que partilhou o Nobel da Paz em 2007 com o antigo vice-presidente norte-americano Al Gore.