Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

PSD e CDS avançam com moção de rejeição ao Governo de Costa

  • 333

josé carlos carvalho

Direção do PSD já decidiu. Em coordenação com o CDS, avança com uma moção de rejeição ao programa do Governo socialista

A Comissão Permanente do PSD, reunida esta terça-feira durante cerca de três horas, decidiu avançar com uma moção de rejeição ao programa do Governo do PS. Uma iniciativa coordenada com o CDS e o seu líder.

Paulo Portas já tinha decidido no mesmo sentido e a articulação entre os dois líderes estava feita. Apenas se aguardava que Pedro Passos Coelho ouvisse a direção do seu partido.

O assunto suscitou alguma ponderação entre os sociais-democratas e mesmo entre os centristas. Como o Expresso noticiou houve quem temesse estar a oferecer às esquerdas uma oportunidade de provarem ter uma maioria que suporta o novo Executivo. Mas a decisão está fechada.

Pesados prós e contras, a maioria entendeu que, não havendo votação dos programas de Governo a menos que surja uma moção de confiança ou de rejeição do mesmo, e sendo certo que Costa não avançará com mpoções de confiança nesta fase, não avnaçar com a de rejeição seria deixar o Governo passar como se nada fosse.

Depois de terem passado as últimas semanas a colar no atual Executivo o rótulo de "politicamente ilegítimo", além de considerarem que o seu programa é de alto risco para o país, PSD e CDS concluiram só fazer sentido avançar com a rejeição. Que será chumbada mas registará para memória futura a tomada de posição da direita.

Quinta-feira, no fim do debate do programa de governo de António Costa, as duas bancadas apresentarão uma moção de rejeição do mesmo. O texto será conjunto.