Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Chega hoje ao fim o Governo mais breve de sempre

  • 333

Nuno Botelho

Executivo de Passos Coelho e Paulo Portas durou 27 dias. O anterior mínimo era de 85 dias

Martim Silva

Martim Silva

Diretor-Executivo

Hoje, depois das quatro da tarde, toma posse o novo governo socialista liderado por António Costa e deixa de ser governo a coligação PSD/CDS. O executivo finado de Passos e Portas, o XX Governo Constitucional da história da democracia, será assim o mais curto dos últimos 40 anos em Portugal.

Cavaco Silva deu posse a Passos Coelho e restantes ministros e secretários de Estado no passado dia 30 de outubro. A queda acontece hoje, 27 dias depois.

É preciso recuarmos a 1978 para ver um governo cair em menos de 100 dias. Foi o executivo liderado por Nobre da Costa (que partilha com este de Passos a coincidência de serem os únicos que viram os seus programas rejeitados no Parlamento - o que justifica a vida tão curta). Durou apenas 85 dias.

Outros governos que duraram pouco, menos de um ano, foram os de Pintasilgo (155 dias), o governo PS/CDS liderado por Mário Soares (218 dias), o governo de iniciativa presidencial de Mota Pinto (227 dias), o primeiro governo de Balsemão na AD (238 dias) e o executivo de Santana Lopes (238 dias).

Curiosidade: os três governos de iniciativa presidencial de Eanes estão entre os que menos duraram.

No pólo oposto, já houve cinco governos que cumpriram os quatro anos da legislatura: dois de Cavaco, um de Guterres, um de Sócrates e o anterior de Passos e Portas.